Flavio Sales

A solução de preservação de material genético, KolplaGene, possui alta performance na obtenção de amostras com alta concentração de DNA a partir de esfregaço de mucosa bucal.

A qualidade da preservação do esfregaço de mucosa bucal e o impacto nos exames de sequenciamento de DNA

Amostras de swab bucal tendem a ter menos contaminantes do que outras amostras de DNA, como sangue ou saliva

Alexandre Campos Banari – Cientista | Naila Cristina Soler Camargo – Cientista (Colaboração Científica)

 

A coleta de swab bucal é um método não invasivo para obtenção de material biológico destinado a  pesquisas de sequenciamento de DNA/RNA. O que torna a extração de tecidos, um procedimento mais confortável e menos doloroso para o paciente. Nesse contexto, destaca-se o KolplaGene, a solução Kolplast para preservação de material genético, de alta performance na obtenção de amostras com alta concentração de DNA a partir de esfregaço de mucosa bucal.

As amostras de swab bucal, quando preservadas em KolplaGene, podem ser facilmente armazenadas por até 30 dias, em temperatura ambiente, auxiliando na superação de obstáculos logísticos relacionados à distância e tempo entre a coleta e o processamento da amostra.  Outra vantagem advém de que amostras de swab bucal tendem a ter menos contaminantes do que outras amostras de DNA, como sangue ou saliva. Isso pode reduzir o custo e o tempo necessário para extrair e purificar o DNA e conduzir seu subsequente sequenciamento.

Os dados gerados pelo sequenciador podem ser utilizados na identificação de polimorfismos associados a doenças e no entendimento das complexas interações entre microrganismos em diferentes ambientes. Com a análise da sequência de DNA de um indivíduo, é possível determinar se há um polimorfismo conhecido que possa ser a causa ou o agravante de uma condição clínica, permitindo o diagnóstico precoce de doenças hereditárias e a seleção de terapias mais adequadas. Ou, ainda, determinar a importância e a função dos microrganismos presentes em amostras biológicas, como o solo, água e tecidos do corpo humano, favorecendo a manutenção da saúde e equilíbrio do ecossistema.

O uso de tecnologias de sequenciamento de alto rendimento em medicina diagnóstica e análise de microbiomas têm possibilitado a compreensão mais abrangente de doenças e permitido o desenvolvimento de novas estratégias para prevenção e tratamento personalizados, além de abrir novas oportunidades de pesquisa em áreas como genômica, biologia molecular e microbiologia.